skip to Main Content
Métricas Para Marketing Digital: O Que Não Te Contaram

Métricas para Marketing Digital: o que não te contaram

Quais métricas utilizar para acompanhar resultados? 

Será que sua campanha de Marketing Digital está dando o retorno definido em sua estratégia? Leia nosso artigo e descubra quais ferramentas ajudam a responder essa pergunta!

A análise de resultados é parte importante de qualquer plano de marketing. É dessa forma que você pode acompanhar de maneira quase simultânea se as estratégias estão indo como o planejado e o que precisa ser ajustado imediatamente. 

O acompanhamento de resultados, por sua vez, não pode ser feito sem as métricas, pois são elas que irão mensurar o desempenho do seu planejamento. 

Dito isso, você sabe quais são as principais métricas utilizadas? Continue lendo para descobrir!

Mas antes defina seus objetivos 

Antes de qualquer coisa você precisa determinar quais são seus objetivos com o plano de marketing. Afinal, como você poderá saber se suas estratégias estão no caminho certo sem saber onde você quer chegar?

Veja alguns exemplos de objetivos de um plano de marketing:

  • Aumentar o brand awareness (reconhecimento de marca);
  • Aumentar o engajamento com a marca;
  • Vender mais;
  • Aumentar o life-time value;
  • Educar o mercado.

E as métricas, o que são?

Agora que você já sabe qual é o seu objetivo e traçou um plano de marketing para realizá-lo chegou a hora de decidir quais métricas usar.

As métricas são os parâmetros determinados por você que irão medir o nível de sucesso de cada etapa do seu plano. 

Mas antes você deve saber que existem dois grupos de métricas. São elas: as métricas sociais e as métricas de negócio.

Para acompanhar o desempenho das suas estratégias você irá usar métricas dos dois grupos e por isso vai perceber algo curioso a respeito delas:

Quando comparadas lado a lado, as métricas de cada grupo podem mostrar resultados diferentes. Ou seja, quando as métricas sociais apresentarem números positivos pode acontecer de as métricas de negócio não demonstraram resultados satisfatórios e vise versa.

Isso acontece porque cada grupo analisa os resultados sob perspectivas diferentes. 

Para simplificar 

Para ilustrar melhor esse fenômeno, pense da seguinte forma:

Uma clínica odontológica tem muitos seguidores nas redes sociais e, inclusive, um bom número de pessoas chegando aos seus conteúdos por meio de hashtags, como #aparelho transparente preço

No entanto, quando se trata de seguidores convertidos em leads e clientes as taxas são muito baixas. 

Aqui, as métricas sociais (seguidores e engajamento) são altas, mas a métrica de negócio (conversão) é baixa. 

O contrário também pode acontecer. A clínica tem uma audiência pequena nas redes. Por outro lado, os seus poucos seguidores são o suficiente para garantir uma alta taxa de conversão. 

A seguir, confira alguns tipos de métricas sociais e métricas de negócio.
Ram Gif Chega De Perder Tempo Com Uma Gestao Financeira Manual - Ram Assessoria Contábil

Métricas sociais 

As métricas sociais irão mensurar os resultados das estratégias feitas na internet. Os principais tipos são:

Alcance 

O alcance também é conhecido como meta base, pois mostra a quantidade de pessoas que está recebendo os conteúdos publicados. Esse número será baseado no número de seguidores.

No entanto, é importante ressaltar que o número de seguidores não deve ser usado como métrica principal. Até porque nem todos os seguidores irão receber os seus conteúdos.

Isso acontece por uma questão de algoritmo. Se a conta da clínica do exemplo anterior publicar um post com a #clareamento dental preço, por exemplo, muitos não seguidores irão encontrá-la por causa da hashtag. 

Em contrapartida, a plataforma pode não mostrar esse post para todas as pessoas que já a seguem. 

Engajamento

O engajamento já é bem mais fácil de ser mensurado, pois consiste, basicamente, na soma das curtidas, comentários, compartilhamentos e de quem clica nas postagens. 

Porém, mais uma vez, não faça dessa uma métrica principal, pois engajamento não é sinônimo de conversão. 

Conversão

E por falar em conversão, essa sim é uma métrica proeminente. Isso porque, uma conversão é quando as pessoas realizam as ações desejadas pela empresa. 

Essas ações podem ser a venda de produtos, assinatura de formulários, download de e-books, ligações telefônicas, entre outras. 

Sendo assim:

Digamos que a clínica dos exemplos anteriores coloque na internet um vídeo com informações sobre clareamento dental com o objetivo de aumentar os contatos para saber quanto custa um clareamento dental

Sendo assim, quanto mais pessoas ligarem para a clínica em busca dessas informações, mais alta será a conversão.

Tráfego

O tráfego é a quantidade de pessoas que chegaram ao seu site ou blog por meio das redes sociais.

Métricas de negócio

As métricas de negócio dizem respeito aos dados financeiros do seu plano de marketing. Por esse motivo, elas exigirão mais do seu tempo. Afinal, os objetivos de uma estratégia sempre giram em torno das vendas e captação de clientes. 

ROI

ROI é a sigla para o termo em inglês “Return over Investiment” ou “Retorno sobre Investimento”. 

Por meio de uma fórmula simples ele irá calcular quanto dinheiro você ganhou ou perdeu com investimentos, incluindo com o marketing. 

É dessa forma que você irá descobrir se suas estratégias estão gerando lucro ou prejuízo. 

O ROI é calculado com a seguinte fórmula:

ROI = (RECEITA – CUSTO) X 100

CAC

O Custo de Aquisição de Clientes, ou CAC, é o investimento médio feito para conquistar cada cliente em particular. 

Essa métrica é trabalhada pela equipe de marketing e também de vendas. 

Para calcular o CAC deve-se utilizar uma fórmula que irá considerar os investimentos – dentre eles salários, comissões e infraestrutura utilizada para a conversão –  e os novos clientes adquiridos.

Geralmente essa métrica é calculada mês a mês com a fórmula: 

CAC = (investimento em marketing + investimento em vendas) / números de novos clientes

NPS

A Net Promoter Score, representada pela sigla NPS, é a métrica que mensura a satisfação dos clientes.

Os dados para avaliá-la são simples de serem coletados, basta fazer aos clientes a seguinte pergunta: “Em uma escala de 0 a 10, o quanto você indicaria nossa empresa para um amigo?”.

Sendo assim, após pesquisar por implante dentário valor e encontrar o site da mesma clínica dos exemplos dados ao longo do texto, a página pode fazer uma variação da pergunta anterior: “Esse conteúdo foi útil para você?”.

Para medir a satisfação dos clientes faça a seguinte conta:

NPS = %clientes satisfeitos – %clientes insatisfeitos 

Outras métricas importantes 

Além das métricas citadas por esse conteúdo existem outras dezenas que podem te ajudar a acompanhar os resultados da sua estratégia. 

Abaixo listamos mais algumas delas:

  • Leads por canal;
  • CPC (Custo por clique);
  • Taxa de abertura de e-mail;
  • LTV (Valor do Ciclo de Vida do Cliente);
  • Churn;
  • Entre outros.

É importante ressaltar que nenhuma estratégia de sucesso nasce perfeita, ela é aperfeiçoada aos poucos. 

O mesmo vale para as métricas escolhidas. Ao longo do trabalho você irá perceber que deixou de acompanhar algumas informações importantes e outras não tão relevantes estavam recebendo um destaque desnecessário. Quando isso acontecer não hesite em fazer mudanças.

Texto produzido por Estela Lima, redatora da empresa Clínica Ideal.

 

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Ram Assessoria Contábil?

Somos uma Contabilidade em Belém – PA, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @ramassessoriacontabil

Sucesso e até logo.

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Recomendado só para você!
Projeto permite parcelamento de dívidas trabalhistas em até 60 meses…
Back To Top