skip to Main Content
Como Montar Uma Clínica De Fisioterapia – Passo A Passo!

Como montar uma clínica de fisioterapia – Passo a passo!

Saber como montar uma clínica de fisioterapia vai muito além de entender quais documentos são necessários. Veja só o conteúdo que preparamos para você e esteja pronto para administrar o seu negócio!

Como montar uma clínica de fisioterapia? Essa é uma pergunta que muitos empreendedores decididos a investir nesse ramo se fazem constantemente, muitas vezes com certo receio, antes de começarem a, de fato, abrir sua tão sonhada empresa.

E não há nenhum mal nisso. É normal não entender como certos processos funcionam, a princípio, afinal, você está só começando! Mas, é importante que você busque se aprimorar sempre, e entenda que estar preparado é a melhor maneira de garantir o sucesso ao seu negócio desde o começo.

Sem mais delongas, vamos ao passo a passo de como montar uma clínica de fisioterapia!

Como montar uma clínica de fisioterapia – o passo a passo definitivo

A maior parte dos conteúdos sobre como montar uma empresa X para o ramo Y abordam o assunto de forma genérica, citando apenas os detalhes mais burocráticos, sem mencionar um outro ponto que dá muito trabalho para o empreendedor – saber como se posicionar.

Aqui, você entenderá quais são os documentos e os passos necessários para abrir a sua clínica, mas deixaremos isso para o final. Por enquanto, você entenderá o que faz um negócio ter sucesso e como garantir o desenvolvimento do seu, desde o começo!

1 – Compreenda ao máximo o seu objetivo

Sim, porque não adianta você saber como montar uma clínica de fisioterapia sem ter um objetivo em mente. E acredite: muitos empresários não têm isso tão claro quanto deveriam em suas mentes.

Veja, você terá uma clínica de fisioterapia: por quê?

Para ajudar pessoas com problemas de mobilidade a superarem seus desafios e terem uma melhor qualidade de vida? Pode ser… Mas lembre-se de ser fiel àquilo que você irá se propor a fazer!

2 – Entenda os seus consumidores

Esse é o ponto-chave de abrir o seu negócio. Não adianta começar uma empresa sem compreender as dores e os desejos dos seus clientes. Para a área da saúde, esse objetivo pode ser cumprido com um pouco mais de facilidade, já que aqui os problemas são mais visíveis, tangíveis, e podem ser identificados com conversas e pesquisas relativamente simples.

3 – Estude seus futuros concorrentes

De nada adianta começar um negócio sem compreender como os seus concorrentes se posicionam no mercado, quais as suas forças, fraquezas, que estratégias estão usando, como seus pacientes são recebidos, quais suas reclamações, elogios etc.

Entender isso permite a você montar um plano de negócios muito mais preciso e que vá de encontro com as necessidades dos seus clientes – o ponto-chave de abrir um negócio.

4 – Os documentos

Entender como montar uma clínica de fisioterapia também depende de ter os documentos certos em mãos. Para começar, entenda que eles podem variar de estado para estado, onde mais ou menos documentos serão necessários.

Alguns dos itens que você precisará ter:

Cópia do IPTU e contrato de locação registrado em cartório do imóvel onde será o consultório;

  • Cópias autenticadas de RG e CPF;
  • Comprovante de endereço do responsável pelo negócio;
  • Alvará da Vigilância Sanitária;
  • Contrato social da empresa.

Tudo isso, além das seguintes exigências, segundo o SEBRAE:

  • Responsabilidade Técnica pelo serviço da empresa perante o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional – CREFITO;
  • Comprovação do registro do profissional no CREFITO;
  • Registro da empresa no CREFITO.

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Ram Assessoria Contábil?

Somos uma Contabilidade em Belém – PA, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @ramassessoriacontabil

Sucesso e até logo.

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Back To Top